29 de mai de 2010

Sete esquinas

Quem mora em grandes cidades brasileiras, principalmente aqui em São Paulo, tem que sair de casa com uma antecedência absurda para chegar no horário dos compromissos agendados. Afinal, o trânsito, companheiro nosso de cada dia, sempre estará lá para atrapalhar e fazer os percursos demorarem o dobro ou triplo do que costumam durar.

E além do excesso de automóveis, em determinados bairros da cidade os cruzamentos se fazem presentes a cada quarteirão, os semáforos abrem e fecham e um ou dois carros se movem. Se com semáforos cruzamentos costumam ser caóticos, imaginem sem. Pior ainda se são SETE esquinas que se encontram.

Mas, acreditem, isso existe! Na calma cidade de Puerto Iguazú, que tem cerca de 40 mil habitantes e se localiza na província de Misiones (Argentina, fronteira com o Paraguai e Brasil) sete esquinas se encontram no centro da cidade. Tirei algumas fotos quando estive lá, mas não consegui colocar as sete esquinas em uma foto só, tarefa impossível:


Alguns cruzam de um lado para outro completamente oposto de uma só vez. E os moradores locais garantem: não ocorrem atropelamentos nem acidentes.


Imaginem algo parecido na região da Avenida Paulista, por exemplo? Que tal?

16 de mai de 2010

Eyjafjallajokul

(Mapa da Wikipédia, retirado do site Online 24 )


A Islândia é este país destacado em verde no mapa acima. É uma ilha localizada bem ao norte da Europa, não muito distante do Polo Norte. A corrente do Golfo esquenta o local, tornando-o habitável. Estimava-se, em 2009, que cerca de 400 mil pessoas viviam na por lá.

Sem muita importância no cenário internacional, a última e talvez uma das poucas vezes em que a Islândia foi destaque nos noticiários foi no final de 2008, quando o país foi extremamente afetado pela crise e chegou a decretar falência.

Mas, desde meados de abril, ela voltou a aparecer. O motivo é o vulcão de nome impronunciável, o Eyjafjallajokul. Após 200 anos desde sua última erupção (que, por sinal, durou dois anos), o vulcão voltou a soltar lavas no dia 14 de abril deste ano.

As cinzas foram carregadas em direção à Europa e, como consequência disso, milhares de voos foram cancelados no meio de abril em dezenas de países europeus. O prejuízo das companhias aéreas europeias foi maior, inclusive, do que o causado pelos atentados de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos.

Entretanto, o caos não ficou restrito ao meio de abril. Desde então, por diversas vezes, um país ou outro é obrigado a suspender os voos. No final de semana passado, por exemplo, as cinzas afetaram com mais intensidade o norte de Portugal e da Espanha. Já hoje vários aeroportos do Reino Unido foram fechados, inclusive o de Londres, um dos maiores da Europa e do mundo.

A foto abaixo (que também poderia servir para ilustrar um artigo da profecia Maia sobre o fim do mundo em 2012) mostra as cinzas na Islândia neste domingo e nos faz ter uma ideia do porquê da situação caótica:

(Foto: Reuters)

12 de mai de 2010

Vem aí a Virada Cultural!!

Que São Paulo é uma cidade que não para nunca, todos já sabem. Mas, durante um fim de semana de maio, a cidade fica especialmente agitada.

O motivo é a Virada Cultural. Promovida pela Prefeitura de São Paulo desde o ano de 2005, a Virada foi inspirada na ''Nuit Blanche'', de Paris. Com um público cada vez maior e com número crescente de turistas (estima-se que esse ano 5 milhões de pessoas acompanhe as apresentações, sendo que destas, 330 mil são turistas), o evento chega agora à sexta edição.

Em 2010, a Virada ocorrerá nos dias 15 e 16 de maio (ou seja, sábado e domingo próximos), quando inúmeras apresentações poderão ser vistas em dezenas de palcos espalhados pela capital. Serão 24 horas de muita atração para todos os gostos. A programação pode ser vista no site:

http://viradacultural.org/programacao

Para facilitar a locomoção do público, as linhas 1 (azul), 2 (verde) e 3 (vermelha) do Metrô não fecharão na noite de sábado, o que significa que durante toda a madrugada de domingo haverá trens circulando, sem interrupções. A CPTM, responsável por linhas de trem na capital e região metropolitana, informa que também haverá circulação de trens durante a madrugada de domingo nas linhas 7, 8, 10, 11 e 12.

1 de mai de 2010

Petróleo no mar dos EUA

Nesta última semana, o mundo vem acompanhando um drama no Golfo do México que parece estar longe do fim e que preocupa pela dimensão do problema. Tudo começou no último dia 21 de abril, quando uma plataforma de petróleo localizada na região (que fica ao sul dos Estados Unidos) pegou fogo. Desde então, um vazamento de petróleo de proporções gigantescas atinge o local.

Foto: Agência Reuters


Estima-se que cinco mil barris de petróleo (ou, para se ter uma noção melhor, cerca de 800 mil litros) estejam sendo jogados no mar do Golfo do México diariamente. A mancha causada pelo acidente só aumenta de tamanho, chega agora a cerca de 200km e se desloca rumo aos Estados Unidos, tanto que os estados da Louisiania, Alabama e Flórida (próximos do Golfo do México) estão em emergência. Até agora, todas as tentativas de conter a mancha não obtiveram sucesso e existe uma preocupação de que o óleo prejudique flora e fauna locais, além da economia. Nas próximas 48 horas, o presidente Barack Obama viajará à região para fazer uma avaliação.

(Informações de agências de notícias internacionais)