25 de dez de 2010

Que venha 2011!

               Paulistanos recebendo 2010, na Avenida Paulista (Foto: Daigo Oliva/G1)


Apesar de eu não viajar neste Réveillon, muita gente já está pegando a estrada rumo a outras cidades. Portanto, gostaria de deixar desde já a minha mensagem de fim de ano, já que muitos só voltarão a acessar o blog em janeiro.

Chegamos a mais um fim de ano, outro tempo de reflexões. Até 2007, o balanço do ano era praticamente o mesmo. O dever sempre estava cumprido e outro ano de colégio me aguardava pela frente. 2008 foi extremamente positivo, mas terminou e eu não tinha destino definido. Eis que chegou 2009. O ano foi árduo, de muito estudo no cursinho, mas uma sensação impossível de descrever de dever cumprido. Então chegou 2010. Antes mesmo de começar, sabia das boas surpresas que ele me reservaria. Só não imaginava o quão positivas seriam estas mudanças e o quanto me fariam bem. Ainda nos primeiros dias do ano, consciente de que a inércia não me levaria a lugar algum, comecei a trabalhar. Logo veio a viagem às Cataratas e a tão aguardada faculdade. Lá, novos e fortes laços de amizade.

No segundo semestre, novas responsabilidades, aumento expressivo das horas de estudo e trabalho. A maioria dos dias com cerca de dezoito horas diárias dedicadas à faculdade, preparação de aulas, trabalho ou me deslocando nos trajetos entre lugares. Uma vontade inesgotável de vencer na vida. Mas, em meio a tantas responsabilidades, intervalos para a vida social.

Muito satisfeito com 2010, chego ao final deste ano tomado por pensamentos positivos, muito feliz e esperançoso em relação ao próximo ano. E é isso que quero transmitir aos caros leitores, aos quais não tenho palavras para agradecer o prestígio, nesta mensagem de fim de ano. Desejo a todos vocês um 2011  de muita paz, saúde, prosperidade, sucesso e realizações pessoais e profissionais. É clichê dizer que não basta apenas esperarmos as mudanças, e sim que devemos fazê-las acontecer. É clichê, mas é verdade. Tenham muita força e otimismo em 2011, que o destino se encarrega de trazer o resto. FELIZ 2011!!!

24 de dez de 2010

Feliz Natal!!

Feliz Natal! Merry Christmas! ¡Feliz Navidad! Bom, a língua não importa, o que importa são os desejos que todos tenham um Feliz Natal. Que todos os nossos pedidos se tornem realidade e que possamos todos desfrutar do verdadeiro espírito natalino, o de paz, harmonia, felicidade, bondade e tranquilidade. E, como digo todo ano, que estes sentimentos nobres não se restrinjam apenas à noite de hoje e ao dia de amanhã, mas façam parte das nossas vidas. FELIZ NATAL A TODOS!

18 de dez de 2010

Então é Natal


Avenida Paulista toda em clima natalino - Foto: Fábio De Nittis

É verdade que copiamos a cultura natalina da Europa e dos Estados Unidos, afundados na neve em dezembro, e que Natal acabou virando data comercial. Mas não consigo imaginar Natal de forma diferente da que ele é atualmente, com a ceia da maneira que ela é feita, com a correria para comprar os presentes e, principalmente, com os enfeites, dentro e fora de casa.

E São Paulo está linda neste Natal (e a cada Natal melhora). Toda a cidade está enfeitada. Sem dúvida, o ponto que mais está decorado e onde as decorações mais impressionam pela beleza e grandiosidade é a Avenida Paulista. Se durante o dia, com toda a correria do dia-a-dia dos paulistanos, a decoração já chama a atenção. Mas é a partir das 8 da noite, quando anoitece, que o espetáculo das decorações se faz ainda mais presente. A correria dá lugar ao clima de paz de espírito e felicidade (há quem veja tristeza no Natal, eu não vejo, mas isso já é outro assunto) e milhares de famílias passeiam tranquilamente pelas calçadas da avenida, registrando tudo em máquinas fotográficas.

Este ano, além da decoração nos pontos da Paulista que já são conhecidos por fazer decorações grandiosas e surpreendentes, foi criada a Praça de Natal. Localizada entre as ruas Padre João Manuel e Ministro Rocha Azevedo, a Praça de Natal foi montada na estrutura que servirá de palco para o Réveillon da Paulista. Com enfeites de proporções gigantescas, o palco de 800 metros quadrados recebe por dia ao redor de 15 mil visitantes. Para quem quiser ir, a Praça de Natal estará aberta todos os dias até 25 de dezembro, das 10h às 22h e é grátis.

Em outros pontos da cidade, mais decorações. A Ponte Estaiada, na Marginal Pinheiros, ganhou luzes, que formam um gigante pinheiro de Natal, de 138m de altura. Na Represa de Guarapiranga, na zona sul, uma árvore de Natal de 56 metros de altura foi montada. Há também a já conhecida árvore de Natal no Parque do Ibirapuera, com 68 metros de altura (recentemente danificada pelos fortes ventos de uma tempestade, mas que depois teve os trabalhos de reparo iniciados). Também no Ibirapuera, é possível observar o show natalino das fontes do lago do parque. Já nas Avenidas Pacaembu e Sumaré e em outros pontos da cidade, luzes de Natal envolvem tronco e galhos das árvores.

Portanto, aproveitem, paulistanos e turistas que estiverem por aqui, porque quem for desfrutar das decorações de Natal em São Paulo tem muito o que apreciar.